Gol clube

Gol clube mais que uma familia
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Conheça qual é o melhor óleo para o seu carro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Luis



Mensagens : 4
Data de inscrição : 22/08/2009
Idade : 40
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Conheça qual é o melhor óleo para o seu carro   Ter Ago 25, 2009 8:44 pm

O óleo lubrificante é um dos principais componentes de um automóvel e, em geral, não tem suas funções compreendidas pelos motoristas. Para a classificação de óleos lubrificantes são considerados dois itens: a viscosidade e o nível de desempenho. O primeiro pode ser definido como a resistência que o fluido apresenta a determinadas temperaturas sem perder suas características físico-químicas, que garantem a redução do atrito no motor.

Com o objetivo de organizar um sistema mundial de fornecimento de óleos, a Society of Automotive Engineers (SAE) estabeleceu 11 graus de viscosidade – SAE 0W, 5W, 10W, 15W, 20W, 25W, 20, 30, 40, 50 e 60. O “W” significa inverno (winter) e indica que o óleo é adequado para uso em temperaturas mais frias. Já os lubrificantes que não possuem o “W” definem graduações para uso em temperaturas mais altas, geralmente indicadas a automóveis mais velhos.

Para saber qual é o grau ideal de seu carro, o motorista deve seguir o manual do veículo. Atualmente, os óleos mais indicados para os automóveis são os que possuem múltipla graduação, como o SAE 20W50, 20W50 e 5W40. Esses produtos foram desenvolvidos levando em consideração o fato de o óleo estar frio quando o carro é ligado, esquentando posteriormente. Com esse índice múltiplo de viscosidade, a lubrificação acaba se adaptando à temperatura de trabalho do motor.


Obs: dicas retiradas do AUTOMÓVEL.COM.BR

O outro item de classificação dos óleos, que indica seu nível de desempenho, é medido pela American Petroleum Institute (API). Esse sistema permite que os lubrificantes sejam definidos com base em suas características de desempenho e no tipo de serviço ao qual eles se destinam. Assim, diversas categorias foram criadas para se adequar aos novos motores, que cada vez mais exigem qualidade do óleo. Suas classificações seguem sempre a letra S - que significa Service Station (posto de gasolina) – e uma letra que determina a evolução dos óleos.

Atualmente, as categorias existentes são SA, SB, SC, SD, SE, SF, SG, SH e SJ. Quanto mais avançada a segunda letra, melhor o desempenho do óleo. Dessa forma, o API SJ é o lubrificante fabricado até hoje que apresenta maior qualidade, já que compõe todos os itens dos anteriores e mais alguns. É por isso que, caso o manual do veículo recomende o uso de um óleo SE, todos os outros que o seguem podem ser usados. O contrário, porém, não é válido.

Uma outra categoria de lubrificantes que cada vez mais vem sendo utilizada é a de óleos sintéticos. Obtidos a partir de reações químicas, eles possuem alto índice de viscosidade, alta estabilidade térmica e outras vantagens em relação ao óleo natural, tradicionalmente utilizado. Uma outra opção de óleos, os semi-sintéticos, intermediária aos naturais e sintéticos, também pode ser encontrada no mercado. Com tantas opções, o mais importante é que o usuário nunca misture tipos e marcas de óleos sem consultar especialistas, pois isso pode prejudicar o seu veículo.

Aprenda a checar o óleo

Como regra geral, não existe um período específico para a troca de lubrificantes. Cada montadora determina o prazo ideal para seus veículos. Esse período é indicado no manual. Mesmo assim, o motorista deve estar sempre atento e verificar o nível do óleo de seu automóvel, pois, com o tempo, os componentes do lubrificante queimam e ele começa a se degradar.

Os fabricantes recomendam que a cada mil quilômetros e antes de começar qualquer viagem longa o óleo seja verificado. Seu nível deve estar sempre entre as indicações “máximo” e “mínimo” da vareta de medição. Além disso, o carro deve estar em terreno plano e seu motor deve ter sido desligado a pelo menos cinco minutos.

Caso o óleo nunca seja trocado, os resíduos gerados pelo funcionamento do motor acumulam-se e contaminam o óleo, acelerando seu desgaste, entupindo o filtro e comprometendo a vida útil do automóvel. O uso de aditivos no óleo também não é recomendável, pois isso pode comprometer o funcionamento do motor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Conheça qual é o melhor óleo para o seu carro
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Qual cera é melhor na opinião de cada um
» Pastilha de freio - qual marca é melhor?
» Qual o Melhor OLEO pra SPEED ?
» qual o tamanho maximo de pneu para factor???
» Fluido de freio DOT3 ou DOT4

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Gol clube :: Oficina-
Ir para: